domingo, 31 de janeiro de 2010

do alcatrão . actualização non troppo

queria actualizar o post anterior com mais novidades, notícias, avanços.
mas depois do clássico "sacuda a água do seu capote", as notícias cessaram. que isto de serviço público não é para o jornalismo. nem para o site da Brisa.

era aterro, tinha problemas geológicos, mas afinal já sabiam disso tudo, mas ninguém foi ver porque a responsabilidade é sempre de alguém mas de ninguém em especial.
já têm lá as escavadoras e continuam a ver se a terra continua a cair.

agora esperem.
sentados, na segunda circular.
todos vocês, os 40 mil utilizadores.

2 impressões digitais:

Glórias Passadas disse...

Estás a falar de uma autoestrada que só é paga em duplicado pelos utilizadores: por receita de portagem directa e por alargamento da concessão. Quando se pagar em triplo ou quádruplo, talvez comeces a ver resultados. Ou simples informação.

polegar disse...

ná, não me parece. nem assim. o tuga paga, come e cala.

sabes o que te digo? como temos de pagar baratinho as portagens, os senhores deviam agora reembolsar-nos (deixando a auto-estrada livre de portagens durante um tempo) pela despesa acumulada em gasolina nas filas na segunda circular, e deviam ser obrigados a doar um valor bem jeitoso a instituições de protecção do ambiente. humpf