terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

coisas que me danam

esclareça-se: o teatro e a dança são artes vivas [como em "ao vivo"]. contando histórias ou não-histórias, vivem|existem da|na comunicação a outrem-em-massa [chamemos-lhe público]. devem ser, no final de contas, um serviço público não obrigatório e não são totalmente auto-suficientes.

esclareça-se ainda mais: uma grande percentagem das companhias mais badaladas não põe um "ovinho" cá fora [entenda-se por ovinho, espectáculo] sem "choco" valente [leia-se por choco, subsídio].
esclareça-se que os subsídios vêm dos nossos impostos e são distribuídos de acordo com certos e determinados critérios de avaliação em concursos públicos [e não nos alonguemos por aqui, para eu não ficar com urticárias].
esclareça-se ainda que a maior parte das salas de espectáculos de Lisboa [convencionais] são pertença de empresas semi-públicas, públicas, ou das próprias companhias. a programação é efectuada com base em critérios de avaliação que... vamos encurtar - nos ultrapassam a todos mas conhecemos de cor. basicamente relembremos que uma companhia pequena|desconhecida não encontra espaço que não seja no vão de escada de alguma associação recreativa, ou numa sala "convencional" ali entre as 7 e as 8 da manhã de um 29 de Fevereiro. 
esclareça-se que um espectáculo demora meses exaustivos a ser criado, ensaiado, montado, afinado. que o dinheiro de um subsídio desaparece efectivamente - entre cenários e equipamento e divulgação e ordenados [de todos ou só de alguns] -, e que portanto deveria ser do interesse de todos que o espectáculo estivesse pelo menos um mês em cena [para deixar surgir o efeito da divulgação "boca-a-boca" - para vir então o público isento, começar a fazer algum na bilheteira e, obviamente saber o veredicto final: isto interessa ou não às pessoas?].

relembremos antes de avançar que o teatro e a dança devem ser serviço público - é para isso que lhes pagam. e as salas deveriam estar ao serviço do público - é para isso que lhes pagam.

alguém me explica então a nova moda dos espectáculos [das "grandes" companhias - subsidiadas] que estão em cena [nas tais salas grandes, boas, equipadas, sem pulgas e cheias de salamaleques] 3 dias-e-é-se-queres? 

2 impressões digitais:

casual disse...

concordo em tudo, há que criar lobbies.:)

E tu, onde te podemos ver a fazer a tua magia?

Ana disse...

da-lheeeee!!!!!! :D :D :D