sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

vendida

a partir de hoje, confesso a minha total rendição e rogo pragas à padeira de Aljubarrota:

o único sítio que [a meu ver] realmente cumpriu [pôde cumprir] a legislação e tem os simpáticos locais ventilados para fumadores dentro da sua área comercial [sentados, com direito a bicas, e não à chuva] é o el corte inglês.

olé!

9 impressões digitais:

espantaespiritos disse...

és "muita exajarada"!!!

claro que há mais sítios.

nomeadamente:

vambu
fatigas del querer
popularte

ahhh

ehhh

pois...

são em españa...

mira...

tienieis razión...

muichissimia razión...

viva... o el quiorte inglê...

polegar disse...

também temos o "départ saint michel", por exemplo, ou o "nero", ou até o "starbucks".

bueno, muchacho, pero yo me contento con las castañolas... ;)

MPR disse...

... vendida... grrr...

wicahpi disse...

estás a ser injusta!!
estás a esquecer-te do casino de lisboa!!!
uma vez que o presidente da asae foi apanhado a fumar lá, agora diz que a lei não proíbe de fumar no casino!!
toma lá!! :p

intruso disse...

ahahah...

(olha que me tem sabido bem jantar sem fumo...)
viva à lei da chuva!
[risos]

bjs
BOM ANO

Anónimo disse...

Confesso!
Culpada!
Sou uma fumadora muito pouco fundamentalista e muito politicamente correcta!
É que confesso-vos que me soube muito bem no sábado ir jantar e passear pelas "capelinhas" do bairro alto, e estar em ambientes sem fumo!
Comi melhor, é um facto que fui 3 vezes á porta, (o jantar foi longo!) mas conheci imensa gente nessas incursões fumadoras!
Na volta ainda encontro o principe encantado á porta de um qualquer restaurante á conta da lei do tabaco!
Olha, até que estou a gostar...

Beijos, B.

pinky disse...

ai não me digas, e eu que detesto aquela porcaria! ainda vou lá parar!

colher de chá disse...

confesso, confesso... n acho nada mal esta nova lei... a malta habitua-se depressa. ;)

acho mal é as proibições do quijinho da serra a beira da estrada, as bolas de berlim na praia, os temperos bem portugueses cultivados no campo... :( isso é que é estrangular tradições!

by the way, saudades tuas, espero que estejas bem!!!!!

*******

polegar disse...

pois, colher, a lei não é má - apesar de ser a mais próxima possível à vertente mais fundamentalista aplicada nos E.U.A.. não está é devidamente redigida. há lacunas graves que não dão margem de manobra aos pequenos empresários. esses não têm direito a escolher que tipo de sítio querem que seja o seu café, por exemplo. os donos das empresas têm de ver a produtividade diminuir porque os empregados, em vez de terem uma sala para fumar, umas escadas, qualquer coisa, têm de sair para a rua.
e a malta nova habitua-se a tudo. acho uma enormidade, mesmo que adorem estar na rua a confraternizar com os fumadores, que não considerem necessária a criação de espaços abrigados devidamente equipados para os fumadores. porque se calhar não pensam nos fumadores com mobilidade reduzida (imagina o meu pai a ter de atravessar o colombo para ir fumar um cigarro), ou no aumento exponencial do número de engripados nas filas das urgências... qualquer dia é como em Inglaterra, vamos para o fim da fila porque somos fumadores.
uma pessoa que fuma já sabe o mal que está a fazer a si próprio e aos outros. a lei está redigida de forma hipócrita, como se a tabaqueira não andasse e cobrasse ao sabor do que apetece ao estado.
que cidadãos somos nós, fumadores ou não, que permitimos que se ignore a igualdade de direitos, quando existem formas viáveis de os proteger, sem desrespeito por ninguém, sem prejudicar ninguém.
não sei onde é que está escrito que os fumadores agora são cidadãos de segunda, com direito a supervisão pidesca e estímulo aos bufos... sim, porque se pode denunciar um fumador. à antiga.
é uma questão de princípios, adira eu ou não à moda da coluna de fumo à porta dos estabelecimentos.

também tenho saudades tuas, querida. quando é que apareces?