sexta-feira, 12 de janeiro de 2007

meada

acorda. a despedida do calor da pele. o frio a vestir. voar às costas de um anjo. frio que corta. espera e café de saco. carrinha. o meu tamanho não carrega plasmas de 44 polegadas. o caminho é por aqui. música do mundo. falta um dvd. pequeno almoço com guia. folhear o Y, "olha tu!". regresso com sotaques. "sou o único que nunca teve um acidente com a carrinha". manobra perigosa, desvia, acidente. pára que pára pára na calçada. triângulo. esperar e praguejar. arrancar o pedaço de plástico. regresso à base, telefones malditos. "venho pela presente informar V. Exa.". o spot de rádio ainda não saiu. os plasmas não são assim. os convites estão a esgotar. "solicitamos o envio de um fax de confirmação até à data limite". a tua mãe já reservou? sim, sim, é ao estilo teatro de rua. não te estou a falar desse, do outro. falta um logo. muda o lettering. afinal tenho de te dar mais um parágrafo. pára. almoço, dividir a dose. cheira a fumo, está calor, tenho frio. fecha a janela. abre a janela, não vês que estou na menopausa. mas quantas vezes tenho de dizer que isto é co-produção? a Sephora já respondeu? falta assinarem as declarações. mas onde é que eles estão? já reservaste os teus bilhetes? mas como não viste o convite? desde quando é que temos limite para a estreia?! já tem música! és um génio. sim, logo às 21h. "detesto ir para o chiado sozinha". quando é que estreia? mas não recebeste o convite? sms. já temos o orçamento? o champagne. etiquetas, faz-me umas etiquetas. mas porque é que estas crianças não se calam, não páram quietas? vou lá calar os estupores. tens o contacto? água. mas vê o mail outra vez. laura, já te disse que não se entra assim no escritório dos senhores, larga a bolacha, desculpe lá, sim, pede desculpa às senhoras. descansa agora que os últimos 3 dias são de morte. eu sei, eu sei. bom fim de semana ainda ficas, eu fico.
pára.
o romeu fala comigo. soa a carros no trânsito.

atentamente,

6 impressões digitais:

intruso disse...

o fio
de um dia com palavras

intruso disse...

p.s.
por vezes num dia, apenas 24h, parecemos perder o fio à meada...
dias cheios de fios e de outros,
felizes (dias acontecidos)

[bela escrita a tua,
rendido]

bom fim-de-semana...
ainda ficas?

atentamente,

wicahpi disse...

o miado vazio cá dentro, como uma porta que range lenta e dolorosamente. um dia cheio, como quando se come mais do que aquilo que se devia. enfartado. explosivo. vincado. demais...
(falta o vinco do sorriso, esse sim...)

Daniel Aladiah disse...

... com um fio que é só teu.
Um beijo
Daniel

colher de chá disse...

adorei polegar. adorei. estanquei aqui. tanto, que nem sei o que dizer. muito muito muito bom. como sempre, aliás...

polegar disse...

intruso: o problema são os emaranhados...

wicahpi:o sorriso não vem do vinco. cria ruga. o que quero dizer é que não é consequência de... tem as suas consequências :) [belas palavras, as tuas... tristes, mas lindas]

aladiah: todos temos teias e teias...

colher: desabafos... uns caem no goto :)