quarta-feira, 22 de agosto de 2007

vela

isqueiro ou fósforo. cera. bruxinhas. vento e ventania por dentro.
conversa de olhos nos olhos. assertividade. franqueza. fraquezas sem vergonha.
depois o vinho, o brinde, a alegria, a verdade de um salto sem rede mas com vontade.
revelações. revoluções.
o meu corpo terá de reaprender a dançar.
a minha voz terá de reaprender a musicar.
a minha caixa de sentimentos terá de ser reaberta.
hoje foi o meu último dia inteiro na janela com vista para o Príncipe Real.

vou fugir. o vento não me levou com ele mas soprou-me um pouco de ar. enfunou-me as velas. vai-se devagarinho, de cabelos nos olhos. e braço dado com os amigos.

obrigada a todos. não me deixaram cair. não vos irei desiludir.

8 impressões digitais:

colher de chá disse...

Muita merda!!!!!!!!!! :))

Damon disse...

Nós e o vento... ;-)*

Aguardam-se novidades boas...

Nuno disse...

:)

um bj!

pinky disse...

que bommmmm parece que os ventos sopram de feição! fico contente! e mta mta m......

Astor disse...

:D

bem, lá terei que te ir ver...

MUITA MERDA :D

*

polegar disse...

colher: ;))

damon: as novidades já aí estão. agora é torná-las dia-a-dia.

nuno: outro!

pinky: vão soprando devagarinho. como em tudo na minha vida, tem de se suar muito e esperar ainda mais eheheh

astor: ah não vais não! eu não arranjo convites e duvido que pagues bilhete para ver uma peça para criancinhas pequenas LOL

Daniel Aladiah disse...

Cheira-se e sente-se o vento da mudança, que bom!...
Um beijo
Daniel

Anónimo disse...

blessed be the one who dares

M.