quarta-feira, 14 de junho de 2006

em banho maria

o dia que o meu corpo escolheu para ceder foi um em que o céu cedeu também. escorrem os vidros e as ruas, escorre o meu corpo nos lençóis. escorre a febre e os comprimidos, e sinto-os a lutar sem mexer um músculo. porque tudo me dói. hoje não consegui ir trabalhar. finalmente, não consegui.
como explicar...
sempre fui. sempre, com febre, rouca, com asma, com achaques.
hoje não me deixaram. o meu corpo, a febre e a garganta, quero dizer. não tive força, finalmente, para me levantar...
maldigo não ter tv cabo nem força para ir buscar os cabos e ligar o dvd na televisão do quarto.
maldigo o anjo selvagem e a belíssima. e a chuva no écrã também. é que tem "fantasma", a antena é daquelas que consegue atravessar o quarto todo. e por mais que se mexa as imagens não têm definição.
e depois de cada refeição há um aumento de cáries, e os óculos multiópticas são super fashion e os cartazes exclusivos dos D'zrt no bollycao!... como diz a Iva Pamela "chove que Deus a dá"...
nem o Rodrigo, o jornalista, me consegue embalar nas suas doces palavras escritas, demasiado complexas para este triste cérebro febril.
quebra-se o silêncio nos trovões lá fora. já fui ver, a roupa está toda no estendal. não se pode dizer que intacta, porque encharcada.
leio o que escrevi e comprova-se: estou mesmo insane hoje, ferveu-me o cérebro em banho maria...
não sei se é finalmente a alergia ao trabalho, se é apenas uma dose de cansaço acumulado que me fez quebrar como a meteorologia. olha, consegui escrever bem à primeira, meteorologia.
olha a Fátinha da Boavista ganhou 100 euros, a palavra era "vento"...
ai, que já nem sei para onde me vire. a gata parece que adivinhou, não me entra no quarto apesar de me ter esquecido da porta escancarada desde a última chávena de chá. as perpétuas roxas não estão a ajudar. nem isso, nem o propolis. afinal o grande segredo dos actores é uma grande aldrabice.
no messenger descambam as conversas para outros tapetes puxados debaixo dos pés... nada a que não esteja habituada. pois, tenho de acabar esta posta... tenho ali uma amiga a deprimir. a ver se mesmo com o neurónio ardido consigo animá-la.

e... desculpem qualquer coisinha...

12 impressões digitais:

espanta_espiritos disse...

ai lindinha... e eu aqui a aturar leonardos e sem poder tratar de ti... que m#$%&

polegar disse...

deixa estar que logo pagas com juros... muahahahahah!

casual disse...

A fátinha ganhou?=)

As melhoras, polegar.

Conselho:Come 1kg de tangerinas. Overdose de VitaminaD Nunca falha.:p

Bjs

colher de chá disse...

as melhoras, florzinha de primavera*

colher de chá disse...

as melhoras, florzinha de primavera*

casual disse...

Queria dizer Vitamina C, obviamente.jejeje

casual disse...

Queria dizer Vitamina C, obviamente.jejeje

B. disse...

Rápidas melhoras meu anjo!
E aproveita para descansar o corpo e a mente, vais ver que ficas boa num instante!

Beijos GRAAAAANDES, B.

pinky disse...

isso tá mesmo mau! :( seis ben-u-rons ao dia (2s de cada x), chá com mel, suminho de laranja, muitas sonecas, algumas leituras, três dias na cama, e ficas que nem nova! qq coisa apita, jokinhas e melhoras.

Rantanplan disse...

Olha que o chá de perpétuas roxas resulta mesmo! acredita em mim que é verdade ;-) As melhoras mas aproveita a pausa para um pouco de ócio na tua atribulada vida.

polegar disse...

queridos queridos queridos
a todos mil beijos de obrigada pelos abraços e receitas várias.
em convalescença, ainda com umas pontadinhas na garganta, isto já anda...
a ben-u-ron e mimo, que é o que se quer... ;)

polegar disse...

rantas: o chá ajuda, mas teve de ser "auxiliado" por um anti-inflamatório... uma coisa é a voz cansada e alguma rouquidão, outra uma inflamação na garganta das que dão febre para delirar e tudo!
beijinho