quinta-feira, 25 de novembro de 2004

A de A

dores fortes e contínuas nos músculos do ombro e peito do lado esquerdo.
sensação de pulsação fraca ou desregulada.
tonturas e ligeira náusea.
fraqueza e prostração.
peso no peito.
respiração ofegante mas fraca.
pontadas ocasionais no peito.
descargas de adrenalina, em que o corpo todo treme descontrolado.
eventualidade de começar a ficar com o braço esquerdo dormente (esta então é particularmente simpática).

sensação de que qualquer que seja a posição em que se ponha o corpo, aquilo não passa.
sensação de pânico.
sensação de que se vai morrer já ali.

basicamente são também sintomas de enfarte...
mas é um Ataque de Ansiedade. distingui-los é obra, mas já tou farta de chatear os médicos das urgências... (se calhar um dia é a história do Pedro e o Lobo, mas pronto)

cura? na cabeça, dizem.
mas entretanto, Cloxans ou a alternativa da ervanária, Fórmula 137.
comer bem, a horas, domir tudo o que se precisa de forma continuada, parar com a nicotina e cafeína, tomar Valdisperts (ahahah, esta é para rir) para dormir.

ter motivação, esperança e estabilidade também dá jeito.
mas o stock tá em falta.

2 impressões digitais:

maizine disse...

lexotan?

polegar disse...

pois, também, para dormir umas horinhazzzzzzz
:)