segunda-feira, 12 de dezembro de 2005

a epoca dos presentes

é sempre uma batalha esta época do Natal. não apenas por causa do Natal em si, mas por causa dos aniversários de uma família maioritariamente sagitariana. esta época das duplas dores no bolso começa em Novembro, dia 20 com a minha querida "mais nova", a menina dos caracóis loiros. no dia 1 de Dezembro é comigo que vêm ter as velas e as palmadas nas costas. dia 4 é o avô-polegar, que já fez os 90 sempre de tubinho de oxigénio como companheiro, tabuleiro à hora certa, chupa-chupas nos dias de bola e a campainha preparada para nos levar à loucura. um senhor que apesar de caprichoso, temos de reconhecer, é teso como já não se faz e insiste que velhos seremos nós todos antes dele... deseja sempre "que contes muitos e eu a ver"...
o papi-polegar faz anos hoje. o meu querido pai, auto-didacta, transmontano de costeleta, inteligente, brincalhão. está doentinho, calhou mal, mas não vai ser uma gripe a impedi-lo de sorrir.
depois vem um tempo de calma... ou seja, descobrir onde vamos encontrar o dinheirito para comprar as prendas para as mesmas pessoas e mais as outras que estarão conosco à lareira na consoada, mais as outras que não estarão mas são contempladas neste totoloto de barrete vermelho.
a única pessoa que saía deste baralho era a minha avózinha que fazia anos em Junho... portanto, quando já não podemos com fitas coloridas, pensariam que se podia respirar fundo... só até dia 24 de Janeiro, quando a mami-polegar celebra o seu aniversário e lá se volta aos corredores (agora mais vazios...?) dos saldos dos centros comerciais...
entretanto já ninguém estranha os embrulhos com pinheirinhos e os postais do fundo do caixote, porque nesta época ninguém pode contar com prendas bonitinhas e personalizadas. é tudo corrido a Merry Christmas...

4 impressões digitais:

Anónimo disse...

Os meus PARABÉNS ao PAI!

Com muitos beijos carregadinhos de um qualquer anti-gripe!

e beijos pa ti tb! B.

colher de chá disse...

PARABÉNS ao simpático papi-polegar!
e as melhoras tb :)

qt aos presentes... na minha vida parece q nasceu td na primavera! essa sim, é a época da carteira vazia. De resto no natal, levam presentinhos feitos à mão e de imaginação que é um regalo...! Adiram a isto meus amigos, q os tempos não estão para brincadeiras.

biju biju

polegar disse...

B e colher: dou sim... :)
ó colherzinha, essa ideia é fabulosa, mas não há ideias e muito menos há tempo... :(

Alien disse...

Colher... stou contigo... há uns anos que estou contigo ;)

mas sim... o tempo é um inimigo