domingo, 18 de dezembro de 2005

nua

há meses que pensava despir-me.
assim, vestir-me apenas do branco transparente das teias translúcidas da minha mente.
o tempo e as circunstâncias entorpeceram-me os dedos.
no repente decidi-me sem mais delongas. apesar de o sangue das papoilas ressaltar mais no escuro, aqui fica a minha cabeça no colo da minha avó, num lençol que me lembra os verões de menina.
botão a botão fui desnudando o negro. desprendendo-o de mim sem efeito de catarse. apenas agora quero despir-me. revelar-me. no reflexo destas linhas. noutro contorno que me mostre a mesma, que essa não se altera.
as cores de que, alguém me disse, eram feitos os meus textos condensam-se agora naquela que, dizem, é a cor que concentra as cores todas. neutro, também.
depois da longa corrida, suada e cansada, tomei um banho prolongado nas palavras e consumi em respirações timbradas o fumo do cigarro das conversas amenas. aqueci-me entre vozes aveludadas, em luzes ténues de presença. de vigia.
aqui estou. sou eu, a mesma. o caminho é o mesmo, o meu, que percorro agora mais devagar. saltitando entre reticências. carrego apenas a pele, que se estende, ainda, em mim, por mim em aromas sinuosos e ventos descarrilados, sabores encantados.
o dedo que me coube em sorte e que enlaço na prata das noites escuras, continuo a ser eu. mulher. menina. ou algo no entretanto.

10 impressões digitais:

macaso disse...

Olá menina mulher. Estás linda assim. Gosto de qualquer maneira.

colher de cha disse...

Gosto muito.
Mas preto ou branco, és sempre tu q eu vejo, são as tuas palavras que dão a côr ao que leio.
Beijos

(ps. qt ao estares orgulhosa d mim... n estejas. N csegui levantar o cartaz sequer. )

Simão disse...

Apenas e unicamente no contexto do teu post... gosto de ti nua!

Tinhas razão, fica-te mesmo muito bem! Fica mais leve e as tuas palavras soam com mais pureza!

Qualquer dia experimentamos outra cor?

Beijo...

(P.S. O Cine 13 continua no mesmo sítio!)

n. disse...

olá, olá grande surpresa...acho que fizeste muito bem...espero continuar a perder-me e a encontrar-te desta vez nesta tua nudez, nesta cor neutra em que é tão tentador quebrar a neutralidade.Vemo-nos por aí...camarada polegar!!bj.

broa quente disse...

podias era ter escolhido outro template, caramba... :P

B disse...

Nua, vestida, ás bolinhas amarelas, ás riscas de várias cores, a preto e branco, com um qualquer template, és sempre TU: Pura e "dura", doce como os sonhos da época que vivemos!

Gosto! Mas também já gostava!

Beijo ENOOOOOORME! B.

polegar disse...

pessoal: obrigada, a sério. estava a precisar de uma lavagem...

broa quente: sorry, eu calculei q n achasses piada, mas, como sabes, era o meu preferido. estava farta de preto. passei meses a querer mudar sem ter tempo e entretanto meteste-o tu. por isso n o pus mais cedo. mas nisto dos templates há imensos iguais... isto só demonstra que temos as duas muito bom gosto eheheh além disso, quem te deu o endereço onde ir buscar os templates, hem? :P

broa quente disse...

bom, mas deixas-me ter alguma coisa só minha? :P

espanta_espiritos disse...

broa quente: os blogs não devem servir de arma de arremesso. não parece ser lugar nem hora para estes comentários.

broa quente disse...

não disse nada de mais. fiz apenas um apelo. gosto de partilhar o que sinto, bom ou mau. beijo para ti tb, ep.