quinta-feira, 15 de dezembro de 2005

sou uma ursa

de coração no nariz, cores de cuecas de bebés, vivo numa nuvem com outros tantos.
tenho uma imagem querida e fofinha na barriga redonda e peluda. que de vez em quando sai de mim e espalha amor por todo o lado [isto não soa lá muito bem...]
às vezes tenho fraldas, metade do tamanho dos outros, uma voz irritantemente aguda e sou belfa. sou a Hugs ou Abracinhos...
noutras, falo também agudo, mas não tanto, e prometo encher a terra dos ursinhos - "Care-a-Lot" - de enfeites cor de rosa... é a Cheer Bear ou Coração Animado...
estas são as fixas...
entretanto, no meio desta turba de seres tão-fofinhos-que-irrita, ontem gravei durante quase 3 horas. foram três episódios em que eu própria estendia os braços para trás, de fones na cabeça, espetava a barriga para a frente e gritava
- 3, 2, 1, iluminaaaaaar!
depois resolveram que eu ia fazer 2 ursos homens além da Animada... e ironicamente andavam sempre os três juntos, falavam em coro... e faziam uma corrida, portanto os uffs, ais, ahs e etceteras eram sempre a triplicar... grava agora com voz grossa... volta atrás, agora com nasalada.... ok, volta atrás... agora com a gaja... de facto, às tantas, fazer expressões de cansaço saía-me com uma naturalidade estupenda... porque seria?

o técnico de som, desta vez, é um metálico-gótico-qualquercoisa. todo de preto, grande cabeleira, parece sempre pronto a ir para um concerto dos Metallica fazer moshes [isto era no meu tempo de adolescente, eu sei, mas aquilo era da pesada, eu saí do concerto com um enorme torcicolo, portanto serve]. muito sisudo, sempre. ora imaginem a figurinha a fazer a edição do outro lado da cabine... obviamente que aquilo deu para o torto e foi um fartote de rir... começou logo por dizer que os bonecos já passaram de moda... eu compreendo, eu via aquilo com uns 8 anos... além de que as criancinhas hoje em dia é mais manga e violência e porrada e roupa fashion e assim... agora mudar os nomes dos personagens? Abracinhos devia ser Carícias... Raio de Sol era o Rais-Parta [isto porque eu quando me engano sai-me logo e ele gostou]... e por aí fora...

bem... isto para dizer que vão sair uns episódios de grande valor moral para as criancinhas, no canal Panda...
quem diz que não faço serviço público...? eheheh

4 impressões digitais:

colher de chá disse...

mais dobraaaaagennns q BOMMMM :)))
olha q essa combinaçao de ursinhos carinhosos com técnico de som metálico é engraçada:P

macaso disse...

É a fantasia de qualquer rapariga eh, eh, eh, eh, eh
Mas já não se diz rapariga, pois não? Gaja, de qualquer gaja! :):):)

Tubarão disse...

Cada vez gosto mais do teu blog! Obrigado, Polegar!

Simão disse...

Se o ursinho se chamasse carícias em vez de abracinhos, também não era um coração que tinhas, nem sequer na barriga, nem sequer seria fofinho, redondo... talvez peluda! MAs ai já faria sentido o "quando sai de mim espalha amor por todo o lado"!

Mas realmente pergunto, um metaleiro a fazer o som para os ursinhos... qualquer dia temos o vaticano a passar o "Seven son of the seven son" dos Iron na Praça de São Pedro.