quarta-feira, 15 de dezembro de 2004

1.5. comente a imagem



esta é a Maria. a Maria é a minha gata. nunca gostei particularmente de gatos, (always been a dog person) mas sempre lhes achei piada... acho-os estúpidos, que é a minha forma de dizer cómicos. porque é que a Maria é a minha gata e os outros não? não sei. sei que me apaixonei por ela quando a vi. síndroma de Garfield, se calhar... é amarela, minúscula, gordinha, tem os olhos da cor do pêlo, mais arredondados que o normal. tem 4 meses, e é metade do irmão. tem o pêlo muito muito suave, tipo angorá. é meiga e brincalhona, e não é agressiva.
era a Maria que eu ia levar para a minha-casa-que-não-é-minha-e-que-já-não-vai-ser.
a Maria está a crescer. já não vai aprender a ir ao caixote e metê-la dentro de casa agora, depois de se ter habituado à vida livre e selvagem, parece-me maldoso.
talvez um dia a Maria tenha uma filhota ou filhote, mais pequeno que o normal, amarelo e brincalhão, macio e meigo, de olhos mais arredondados que o costume. e eu já tenha uma casa-minha-só-minha.

2 impressões digitais:

Cientista disse...

A Maria parece adorável, como qualquer gato, entenda-se! Tenho dois e só lhes teço elogios, mas nenhum é amarelo, que curiosamente sempre foram a minha paixão... do Garfield!

polegar disse...

pois é, caro cientista, esta Maria fez-me uma lavagem ao cérebro!!! volta sempre... eu ia ao teu blog, mas não tens um public profile... beijinhos.