quinta-feira, 2 de dezembro de 2004

gift

saí porta fora. fiz o meu papel. depois, fui à deriva... afinal, estava cinzento, frio e caiu uma chuvada.
mas abriram-me o chapéu de chuva... via sms...
abriu-se uma caixa de algodão.
e a conversa morna prolongou-se pela noite fora.
fumei cigarros(!)
mostrei as minhas meias novas.
o café aqueceu as mãos frias.
a lua apareceu.

obrigada a todos.

0 impressões digitais: