quarta-feira, 9 de novembro de 2005

agruras da vida

andei a correr passeio fora atrás de uma nota de 5 euros que o querido vento amigo queria levar para longe de mim. desesperada gritava-lhe, como se me pudesse ouvir, que não me deixasse.

agora desligo as máquinas e ponho a mochila às costas. vou ao dentista largar umas valentes centenas de euros, que ele não faz por menos, e ainda por cima tenta não passar recibo.

(suspiro)

ai...

3 impressões digitais:

n. disse...

nota malandra :) suspiro...os dentistas assim como os advogados são uns grandes x...l...s ...suspiro...cuidado com a broca ;)

Moon Shadow disse...

consultas particulares = xulisse!
"ah, eu estudei mts anos...!"

bah, eu sei bem o que é q foi o teu estudo, aproveitaste os anos de universidade tão bem como eu, estudaste tanto eu menos do que eu e eu não me aproveito assim das dores dos outros!

Além dos incontáveis diagnósticos errados.

enfim...

pinky disse...

quando era pequena achava uma injustiça ir ao dentista, os país gastavam dinheiros, eles ficavam-nos com os dentes e aínda nos magoavam..uma injustiça! hahahah