sábado, 19 de novembro de 2005

crash

só queria dizer ao senhor condutor que esta madrugada, na 2ª circular, resolveu vir contra o meu carro, fazer-me andar em peões e espetar-me contra um rail, enquanto fugia, que os polícias foram incansáveis e querem tanto vingança como eu.
assim, enquanto o meu jipinho fica à espera de diagnóstico ou mesmo de entrada no ferro-velho, o senhor ficará sem carta, e, pelo que depender de mim, vai pagar bem caro o facto de nem sequer ter olhado para trás, enquanto parava o A3 dele (que também não ficou em bom estado)depois de uma curva, bem escondido, trancava as portinhas e ia a pé (cambaleante, decerto) para casa.
senhor condutor: estamos bem, obrigada, por acaso não morremos.
a festa de anos da minha irmã, que é assombrada desde a morte da minha avó, vai correr da melhor forma.
e não se preocupe, eu arranjo maneira de ir trabalhar todos os dias.
tenha um soninho descansado.

10 impressões digitais:

macaso disse...

Embora com nome de um filme incrível, este episódio, ao contrário de todos os outros que vais contando, não me fez rir, nem sequer esboçar um leve esgar, parecido com um sorriso. Esta foi à séria. Aconteceu-me uma coisa parecida há uns anos e sei que, mesmo não querendo, ficamos na merda. Um beijo grande para ti. Hoje vou sonhar com vinganças. Pode ser que resulte e que o tal fulano tenha tudo menos um sono descansado.

polegar disse...

querida macaso: tenho alturas em que ainda consigo contar-me aqui de forma (espero) bem disposta. apesar do cansaço, dos azares e de estranhas palpitações que não me largam, tento não perder o tino.tenho outras em que me canso. muito. porque tudo à minha volta parece um estranho circo em que o palhaço de serviço está doente. muito. e os animais fogem das jaulas. vamos esperar por melhores ventos, ver bons filmes, e sonhar com palcos e vinganças contra os maus condutores ;)
beijo grande para ti e obrigada.

Fernando Moreira disse...

às vezes a coisa torna-se bem pesada, a coisa chamemos-lhe vida

Moon Shadow disse...

há dias um taxista com 1.7 de alcool espetou-me uma traseirada no carro :\

filhos da p*** de bebados.

Anónimo disse...

A 1ª reacção foi: "Cabrão, filho de uma senhora com a mais velha profissão do mundo!"
A 2ª foi: "Vou-lhe ligar! será que está bem??"
A 3ª foi: "Estupida! Estás a ler isto no blog dela!! É porque está bem! Pelo menos, tem os dedinhos!"
A 4ª foi: "vou-lhe ligar na mesma, quero-lhe dar um beijinho!"

Desculpa-me....é 2ª feira!

Beijo Grande! B.

Rantanplan disse...

Está bem de certeza...estás não estás???

polegar disse...

B e rantas: sim, estou bem. abananada, frustrada, desorientada e na ressaca de de repente não ter carro e andar a depender de tudo e todos para ir trabalhar... mas tudo se faz... always look on the bright side of life... even if it's raining cats and dogs;)

Kwan disse...

Uiiiii.. que eu ando com uma vontade de "arrear" em alguém!

pinky disse...

ai rapariga, andas cá com uma onde de falta de sorte que até arrepia! tens que pedir a um padre que te faça umas benzeduras para o mau olhado, sou muito céptica com essas coisas mas já vi resultar, e mal não há-de fazer.
eeses gajos que batem e fogem precisavam mesmo de uma grande surra, além de uns anitos a apodrecer na cadeia, ainda bem que sairam todos bem do acidente.
um grande beijo de solidariedade e muita sorte para combater isso tudo.

. disse...

.